26 de Novembro de 2020
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Alenquer investe em cortinas de proteção vertical nas escolas do 1.º ciclo do ensino básico
Equipamento foi desenvolvido de raiz por uma empresa local a pedido do município
O município de Alenquer está a proceder à aplicação de cortinas de proteção vertical em acrílico, nas mesas das salas de aula dos estabelecimentos de ensino do 1º ciclo do ensino básico.

Remonta a abril deste ano, a primeira tentativa por parte da autarquia, de encontrar um produto resistente e prático, que não retirasse visibilidade aos alunos, e que servisse de proteção individual às crianças a frequentar o 1.º ciclo.

Após uma prospeção no mercado nacional que se revelou infrutífera, foi lançado o desafio a várias empresas locais e regionais em busca de uma solução.

A par destas primeiras diligências feitas pela Câmara Municipal de Alenquer em articulação com a coordenação do Centro Escolar do Carregado, juntou-se mais tarde a Associação de Pais do Agrupamento de Escolas Damião de Góis.

E seria mesmo uma empresa local, a desenhar e produzir um protótipo eficaz, que permitiu ao município adquirir um primeiro pacote destes equipamentos e dar agora início ao processo de instalação em algumas escolas do 1.º ciclo.

Este primeiro modelo não é, no entanto, adaptável a todas as mesas, pelo que os trabalhos de desenvolvimento do produto prosseguem, no sentido de, no mais curto espaço de tempo, conseguir dar resposta às pretensões do Município de dotar todas as escolas do 1º ciclo com este equipamento.

O vereador com a tutela da Educação, Rui Costa explica que a opção de equipar as salas de aula do 1º ciclo, prende-se com o facto destes alunos não usarem máscara de proteção individual, sendo que em muitos casos partilham a secretária com um colega ao longo de várias horas.

“Tendo em conta este cenário, decidiu o Município de Alenquer dar provimento a mais esta necessidade das escolas e investir vários milhares de euros para criar um ambiente, ainda mais seguro, para todas as nossas crianças em contexto escolar”, esclareceu.

O vereador da Educação explicou ainda que esta é mais uma medida de segurança, “a par de muitas que têm vindo a ser aplicadas nos estabelecimentos de ensino, como os tapetes de desinfeção e secagem de calçado, a aquisição de equipamentos de proteção individual e de termómetros de infravermelhos e a disponibilização de refeições em regime de takeaway”, enumerou.

Para Rui Costa, o objetivo último do município “é aumentar a segurança em meio escolar para todos os elementos da comunidade educativa e que, mesmo extravasando muitas vezes a competência do Município, são tomadas de livre vontade e de coração aberto, com o objetivo único de proteger as nossas crianças e jovens, não se olhando a meios para se tentar satisfazer todos os pedidos e todas as nossas próprias ambições, como é o caso em concreto”, concluiu.

06-11-2020 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2020 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação