16 de Dezembro de 2018
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Alenquer recebeu bandeira de “Autarquia + familiarmente responsável”
Município foi distinguido pelo quarto ano consecutivo
Pelo quarto ano consecutivo, o município de Alenquer foi distinguido com a bandeira “Autarquia + familiarmente responsável”. O título é atribuído pelo Observatório de Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), a municípios cujas iniciativas promovam práticas de proximidade e medidas sociais que melhorem a qualidade de vida das famílias.

O Observatório – que foi criado, em 2008, pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN) – avalia iniciativas dos municípios em áreas relacionadas com os apoios prestado à maternidade e paternidade e às famílias com necessidades especiais, com medidas de conciliação entre trabalho e família, com serviços básicos, com a educação, a habitação, os transportes, a saúde, a cultura, o desporto e tempos livres e a participação social.

Alenquer foi distinguida por exemplo, pelas diversas atividades culturais e desportivas gratuitas realizadas ao longo de todo o ano, e pelo apoio a centenas de famílias e pessoas carenciadas através do seu gabinete de Ação Social, e financiamento do programa alimentar das IPSS do concelho.

Dispõe ainda de gabinetes de apoio a idosos, a crianças em risco, a pessoas com deficiência e tem apostado nos descontos de IMI familiar, na taxa social e para famílias numerosas na água, entre muitas outras medidas.

No total, setenta municípios receberam dia 21 de novembro, em Coimbra, a Bandeira Verde de Autarquia Familiarmente Responsável, que representam quase mais 15% do que os municípios distinguidos em 2017, que foram 61.

O acréscimo de câmaras premiadas tem sido constante ao longo dos dez anos da iniciativa do OAFR, tal como das autarquias participantes no inquérito, sublinhou Maria Teresa Ribeiro, do Observatório, durante a sessão de entrega das bandeiras, no auditório do CEFA/Fundação para os Estudos e Formação Autárquica, em Coimbra.

Este ano candidataram-se ao galardão 130 municípios (42% do total nacional), mais 15 do que em 2017 e mais 92 do que em 2009 (ano da estreia da iniciativa), tendo sido distinguidos mais nove e mais 57 do que em 2017 e 2009, respetivamente.

Ao promoverem políticas familiarmente responsáveis, os municípios estão “a cumprir o seu desígnio” – com “melhores famílias, as comunidades ficam melhor” –, estão, “afinal, a cumprir a Constituição da República”, sustentou Manuel Machado, presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).

“Não somos muito devotos de ‘rankings’, pois cada terra, cada autarquia tem as suas características, a sua especificidade, as suas necessidades”, estratégias e objetivos, disse Manuel Machado, que não pode, no entanto, “deixar de felicitar esta iniciativa do Observatório”.

A Bandeira Verde de Autarquia Familiarmente Responsável é sobretudo “uma motivação, um desafio” que “merece ser ampliado, que merece aumentar o número” de municípios participantes, pois “quando mais forem familiarmente responsáveis, melhor ficam as comunidades e melhor fica o País”, concluiu, Manuel Machado, que também é presidente da Câmara de Coimbra.

29-11-2018 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2018 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação