21 de Janeiro de 2019
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Rotary Clube entrega uma tonelada de arroz à Rede Social de Alenquer
Cerimónia assinala a entrega no dia 26 de março
O salão nobre dos paços do concelho recebeu representantes da Fundação Rotária Portuguesa, do Rotary Clube de Vila Franca de Xira, das empresas que integram o projeto e das instituições alenquerenses a quem caberá parte do arroz, para posterior distribuição pelas famílias carenciadas do concelho. O gesto solidário foi explicado e muito aplaudido.

    A primeira intervenção coube a José Manuel Veiga Testos, do conselho de administração da Fundação Rotária Portuguesa. Falou no apreço e comemoração que merecem as obras de carácter social e na fraternidade que norteia a missão da fundação e dos clubes, que não podem alhear-se da “grave crise social” que se vive. Passou a palavra a Jorge Parreira, da Orivárzea - Orizicultores do Ribatejo, SA, empresa envolvida no projeto. “Estamos disponíveis para mais” frisou o diretor comercial daquela. João Rodrigues, da Iberol - Sociedade Ibérica de Biocombustíveis e Oleaginosas, SA, outra aliada do Rotary Clube de Vila Franca de Xira, imprimiu nos estatutos da empresa a preocupação com o próximo: “na Iberol não fizemos mais do que cumprir o estatuto”, tentando “diminuir o flagelo que é a fome”. 
   O presidente do Rotary Clube de Vila Franca de Xira, Henrique Levezinho, explicou o projeto. O lema do Rotary Clube, que assenta na partilha, serviu de guia para mais uma iniciativa. O desafio partiu da autarca daquela cidade: ajudar a combater a fome. Com a Iberol e a Orivárzea, o Rotary Clube conseguiu juntar 8200 quilos de arroz, a distribuir pelos quatro concelhos abrangidos pela associação: Alenquer, Arruda, Benavente e Vila Franca. A cada um dos três primeiros é entregue uma tonelada do cereal, ao último os 5200 quilos restantes. A ideia é repetir a angariação, invertendo os números a distribuir.
   Jorge Riso, presidente da câmara municipal, agradeceu a ajuda e o interesse, que chamou de extraordinários, pelos mais desfavorecidos. A quantidade de arroz recebida é muito significativa: “há pessoas para quem um pacote de arroz pode fazer toda a diferença, nem que seja só pelo gesto, que a fome não é só de alimentos, mas também de intenções”.
   Um quilo de arroz foi, depois, entregue simbolicamente a cada representante das entidades que farão a sua distribuição.
04-04-2013 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2019 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação