8 de Dezembro de 2021
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Quinzena Gastronómica da Codorniz voltou a bater recordes
Encontro gastronómico registou a maior participação de sempre, no que toca a restaurantes aderentes. Edição deste ano ficou ainda marcada pelo número recorde de codornizes consumidas nos quinze dias em que decorreu o certame.

Recorde de restaurantes aderentes, de codornizes consumidas e um formato que deixou boas perspetivas para edições futuras. Foi este o balanço de mais uma edição da Quinzena Gastronómica da Codorniz em Alenquer.

A iniciativa decorreu entre 30 de outubro e 14 de novembro, tendo sido novamente promovida pela Câmara Municipal de Alenquer, com o apoio da InterAves, líder na produção nacional de codornizes.

Durante quinze dias, quem se deslocou a Alenquer teve a oportunidade de provar diversos pratos à base de codorniz, numa edição que ficou marcada sobretudo pela inovação em tornos dos mesmos.

A iniciativa foi novamente promovida pela Câmara Municipal de Alenquer, com o apoio da InterAves, líder na produção nacional de codornizes.

Mesmo sem o habitual concurso de pratos, registou-se uma subida significativa em termos de adesão. Os 33 restaurantes permitiram quebrar o recorde de 29, registado no ano transato.

Os estabelecimentos participantes foram convidados a servir um prato principal de codorniz na ementa diária. Dessa forma, foi possível alargar bastante o leque de variações, sempre acompanhadas dos melhores vinhos do concelho.

Este ano, houve também a particularidade de os visitantes poderem habilitar-se a ganhar uma garrafa do vinho “Galodoiro Tinto 2019”, eleito o melhor para harmonização com pratos de codorniz, no V Concurso de Vinhos de Alenquer.

Num balanço à iniciativa, Rui Costa, vereador para a Cultura e Turismo da Câmara Municipal de Alenquer, destacou a adesão recorde de restaurantes e também do público, que permitiu desde logo superar outro registo.

“Destaca-se a maior participação de sempre, com 33 restaurantes aderentes, que representaram uma fatia muito significativa dos restaurantes do nosso concelho. Voltámos a bater também um recorde de codornizes consumidas, com um aumento de cerca de 10% relativamente ao ano anterior. Foram muitos milhares de codornizes servidas durante os 15 dias desta edição, o que ajuda a perceber a forte adesão do público à iniciativa, visitando os nossos restaurantes a requisitar esses pratos.”

Rui Costa mostrou-se ainda satisfeito com a diversidade de pratos apresentados este ano e reforçou a ideia de que a codorniz tem condições para ser uma das imagens de marca do concelho de Alenquer.

“A diversidade dos pratos voltou a surpreender, nalguns casos. Há já mais de 140 pratos de codorniz diferentes, o que prova a versatilidade deste produto, quando comparado com outros. Temos dois objetivos muito claros com esta iniciativa: identificar o concelho com o produto e fazer com que os nossos restaurantes tenham pratos de codorniz ao longo do ano e não apenas sazonalmente. Isso tem-se vindo a registar nalguns deles, fruto do trabalho que tem vindo a ser feito.”

Através da dinamização deste encontro gastronómico, foi possível impulsionar a codorniz como marca gastronómica e difundir a cultura e tradição alenquerenses, assentes na valorização da qualidade dos produtos endógenos e na arte e magia dos chefs locais, numa combinação com os vinhos do concelho.
23-11-2021 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2021 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação