11 de Dezembro de 2018
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Incubadora “Alen+Quer Inovar” com oito empresas em desenvolvimento
O Audax é um parceiro estratégico do município de Alenquer neste projeto sobretudo na área da formação
Os oito projetos em desenvolvimento na “Alen+Quer Inovar”, incubadora de empresas do município de Alenquer, vão receber formação em consultoria pelo Audax, o centro de empreendedorismo do ISCTE.

A ação vai decorrer já a partir de amanhã, 2 de outubro e vai prolongar-se até fevereiro do próximo ano. Esta primeira fase, a decorrer até novembro, prevê sessões especificas com mentores do Audax nas áreas de “modelo de negócio, objetivos e metas, plano financeiro e plano de negócios”.

Parceiro do município de Alenquer desde a criação da incubadora há cerca de um ano, o Audax tem como missão promover a atitude empreendedora e transformar ideias em negócios, em parceria com as mais diversas entidades, públicas e privadas.

Empresas, município de Alenquer e Audax estiveram presentes num encontro na última sexta-feira, onde se procurou fazer um ponto da situação e apurar a satisfação dos empresários.

O vereador com a tutela da Economia, Paulo Franco, salientou que o Empreendedorismo é uma área de importância estratégica para o município, agradecendo o empenho do Audax na formação da incubadora de Alenquer.

“Desde a primeira hora que percebemos que para criar uma Incubadora de empresas, era necessário termos a parceria de uma instituição de Ensino Superior, e Audax veio ao encontro de todas as nossas expetativas”, referiu.

Presente neste encontro esteve também o presidente do Audax, Pedro Sebastião, que teceu elogios aos projetos desenvolvidos em Alenquer, pela sua originalidade e pelo empenho dos empresários.

O responsável recordou, contudo, que num mercado cada vez mais competitivo, e exigente do ponto de vista burocrático, é também necessário investir na formação, sendo esse um dos principais objetivos do Audax.

“O caminho do sucesso tem que ser vocês a trilhá-lo, mas nós queremos estar do vosso lado dando o apoio possível e que passa por coisas como ajudar a preparar candidaturas a fundos comunitários, essencial para que uma Startup (empresa emergente sobretudo na área tecnológica), possa singrar no mercado”, referiu.

Empresa “virtual” 1212 vai estabelecer o primeiro ponto de venda físico

A empresa virtual 1212 (data do primeiro foral de Alenquer), dedicada à divulgação, comercialização e produção de produtos regionais e souvenirs, vai abrir o seu primeiro espaço “físico”.

A loja Raízes deverá abrir ainda este mês de outubro, no Mercado Municipal de Alenquer, dedicada à venda dos produtos endógenos da região, com principal foco no vinho da região de Lisboa.

A incubadora “Alen+Quer Inovar” foi inaugurada o ano passado no Pavilhão Municipal de Alenquer, e acolhe atualmente oito empresas em diversos estágios de desenvolvimento, físicas e virtuais: Startsys, Mom’s, Multivision, 1212, CJP Gifts, Graceful Pixel, Aura Botânica e Optimizeplanet.

01-10-2018 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2018 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação