23 de Julho de 2017
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
A minha rua
Detalhe da Notícia
Os problemas imaginários da Monstra e as qualidades morais da Galinha Ruiva
Biblioteca Municipal de Alenquer
A Monstra procura conselhos
+ Fotos
Assistimos, na companhia de 50 crianças do pré-escolar da Santa Casa da Misericórdia de Alenquer, ao teatro de fantoches que as técnicas da Biblioteca Municipal de Alenquer (BMA) prepararam a propósito do Dia Mundial do Teatro. Shhhhh! Com barulho os fantoches não aparecem…

A sessão começou às 11 da manhã, com as crianças a ocupar o pequeno auditório do setor infantil da BMA. A sala ganhou cor, com o xadrez verde e branco dos bibes a contrastar com o azul e amarelo com que estão pintadas as paredes.

Primeiro, apareceu a Monstra. Queixou-se de estar farta de assustar as pessoas e de isso a entristecer. Logo ela, que não faz mal a ninguém – que injustiça falarem em si quando algum menino ou menina não quer comer a sopa ou se porta menos bem. “Quero deixar de ser monstra”, decidiu, e, por isso, procurou ajuda. Falou com um amigo, depois com outro e mais outro e acabou por concluir que o medo vive, afinal, nos olhos de cada um – será feliz se for bem intencionada e genuína, que todos somos diferentes entre nós.

A Galinha Ruiva chegou cheia de vontade de trabalhar. Encontrou trigo, mas nem o cão, nem o pato, nem o gato quiseram plantá-lo com ela. Quando foi tempo de o colher, a resposta foi a mesma: ajudar não! Levar o trigo ao moinho? Nem pensar! E para o moer ninguém se ofereceu. Farinha feita e a galinha logo se imagina a comer uma fatia de bolo. Põe mãos à obra - sozinha, claro. Com o bolo feito, pergunta a galinha à audiência se lhe sentia o cheiro. Ouviu-se um não comprido, feito de 50 vozes pequenas. Mas o cão, o pato e o gato deram por ele e quiseram comer – e as crianças também. Teve de ser suficiente a moral da história, porém: quem não ajuda a fazer, não ajuda a comer.

O setor infantil da BMA tem disponíveis atividades durante todo o ano, através de marcação, com os temas a acompanhar datas comemorativas ou os interesses dos mais novos. O Fantochadas, nome dado à atividade, assinalou o Dia Mundial do Teatro entre o público mais jovem. Os bonecos foram imaginados e criados pelas técnicas da biblioteca e andaram de mão em mão no fim da sessão. A Monstra, a Galinha Ruiva, o Dr. Pensador, a Dra. Dentolas, a Sra. Pé Grande, o Dr. Risada, o cão, o pato e o gato esperam conhecer mais gente miúda e bem disposta como as crianças da Santa Casa.
07-04-2017 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2017 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação