24 de Julho de 2019
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Projeto “Mediadores para o Sucesso Escolar”
Alenquer, Município Educador
O Município de Alenquer iniciou quinta-feira um novo projeto na área da Educação, co-financiado pelo Programa Portugal 2020, intitulado “Mediadores para o Sucesso Escolar”.

Segundo declarações do vereador da Educação, Rui Costa, o projeto consiste na implementação de uma metodologia inédita em Portugal, que aposta na capacitação das competências não-cognitivas de jovens do ensino básico em risco de insucesso/abandono escolar, com vista ao seu sucesso escolar, numa “abordagem 360º” feita por mediadores profissionais, “fora da sala de aula”, que inclui família, escola e envolvente territorial.

Ainda segundo o vereador Rui Costa, há alguns anos que o Município, no seio do Conselho Municipal de Educação e do trabalho direto com os agrupamentos de escolas, identificou taxas de retenção acima da média nacional no 7.º ano e igualmente elevadas no 8.º ano, objetivando um claro problema na transição do 2.º para o 3.º ciclo do ensino básico, pelo que esta nova aposta, que levou à contratação, nesta primeira fase de 5 novos psicólogos (que irão exercer a função de mediadores) para trabalho direto nas escolas, sendo que este será um apoio muito importante e que se espera decisivo para a inversão destes números.

Concluiu, informando e apresentando em detalhe o programa “Mediadores para o Sucesso Escolar” como uma aposta numa intervenção de capacitação personalizada, “fora da sala de aula”, feita por mediadores profissionais, num plano de trabalho ao longo de 2 a 3 anos, com o objetivo de dotar estes alunos de risco com as competências não-cognitivas mínimas que lhe permitam enfrentar as dificuldades da sua vida, estabelecer objetivos pessoais e organizar os seus estudos de modo a atingirem o sucesso escolar. Sendo uma abordagem holística de capacitação em torno de cada aluno, o modelo prevê ainda, quando necessária, a capacitação da família (pais e/ou encarregados de educação), dos professores e assistentes operacionais das escolas, e a cooperação com as entidades da comunidade local que sejam chamadas a intervir em áreas fora da competência da escola.  

O Município de Alenquer prevê investir, até 2021, uma verba a rondar os 400.000€, em mais uma clara aposta na concretização dos princípios definidos na Carta das Cidades Educadoras, movimento mundial do qual Alenquer faz parte e que visa tornar a educação e os resultados dos alunos no nosso concelho, como uma referência a nível nacional.

15-02-2019 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2019 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação