24 de Maio de 2019
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
Detalhe da Notícia
Troféu de Ori-BTT do CPOC regressa a Alenquer
6.ª edição da prova de orientação em BTT
Decorreu, nos dias 12 e 13 de Dezembro, o VI Troféu de Ori-BTT do Clube Português de Orientação e Corrida (CPOC), este ano de volta a Alenquer, concelho que, segundo a organização, deixou tão “boas recordações” em 2007, na prova aí organizada, e que contou na altura para o ranking mundial. Desta vez, as duas etapas que compunham o troféu apenas contavam para a Taça de Portugal, época de 2009/2010, encerrando o ano no que diz respeito à Orientação em BTT.

    Como antevisto, se as condições meteorológicas o permitissem, o terreno e o mapa, permitiriam duas etapas que poderiam figurar nas boas memórias de todos os participantes. Para o CPOC, esta era a prova que encerrava um ano em cheio, depois da organização do Portugal ‘O’ Meeting. Por essa razão, a ideia era não deixar os créditos junto dos participantes de orientação baixarem e, se possível, incrementá-los junto daqueles que só fazem Ori-BTT.
   A primeira etapa realizou-se no mapa novo da serra da Ota, que possuía características técnicas e de desnível que acarretariam que, numa má opção, pudessem ser decididos os vencedores. Houve distâncias pequenas entre os primeiros classificados das elites feminina e masculina. Para além dos habituais e mais fortes concorrentes portugueses, estiveram presentes dois atletas espanhóis, que têm aproveitado esta época as provas em Portugal para irem treinando para o campeonato do mundo, que terá lugar no nosso país. 
   Em femininos venceu Maria Amador, do Académico de Torres Vedras (ATV), com a espanhola Susana Arroyo a pouca distância e, em masculinos, levou a melhor Paulo Alípio, a pequena distância de Daniel Marques, ambos do Clube de Orientação do Centro (COC). 
   A segunda etapa, realizada no mapa antigo da Ota, actualizado para esta prova, tinha características mais rolantes, apesar de algum desnível na zona norte do mapa e de pequenas zonas com bastante lama por causa das chuvas intensas das últimas semanas. Tratando-se da etapa longa, haveria sempre várias opções e, quem fez as melhores, venceu. Desta vez, em femininos, a vitória coube a Rita Guterres, da Associação dos Deficientes das Forças Armadas (ADFA) e, em masculinos, a Daniel Marques, do COC que, com estas vitórias na etapa, conseguiram também levar de vencida o troféu. 
   Em termos de clubes, e no que respeita aos resultados acumulados dos vários atletas, correndo nos vários escalões continuou o domínio do COC de Leiria, que esta época tem sido secundado com regularidade pelo Clube de BTT de Loulé. Sendo esta prova tão próxima da sua sede, o ATV conseguiu, por uma distância mínima, conquistar o terceiro lugar. Os resultados podem ser consultados nos sites do CPOC - www.cpoc.pt - ou da Federação Portuguesa em www.fpo.pt. 
   A organização contou com os apoios da Câmara Municipal de Alenquer, da Junta de Freguesia da Ota, do Centro Social e Recreativo da Ota, da Federação Portuguesa de Orientação e do principal patrocinador da equipa de Ori-BTT do CPOC, a Loja da Bicicletas.
15-12-2009 Fonte: CMA
« Voltar
 Sub-Navegação
Categorias:
› Todas
› Juntas de Freguesia
› Segurança e Proteção Civil
› Obras Municipais
› Ação Social
› Educação e Ensino
› Ambiente
› Desporto, Recreio e Tempos Livres
› Saúde
› Agricultura
› Juventude
› Atividades Económicas
› Cultura
› Urbanismo
2006 - 2019 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação