Página Inicial
23 de Abril de 2018
Pesquisar
Alertas SMS
Subscreva o serviço gratuito
A minha rua
Museu João Mário
Galeria
   
    Inaugurado em 1992, tem expostas cerca de 400 obras de artistas nacionais e estrangeiros.

    As salas O meu percurso e João Mário hoje reúnem obras da autoria do pintor. Uma terceira sala, Artistas meus amigos, tem expostas obras de artistas como Silva Porto, José Malhoa, Veloso Salgado, Helena Roque Gameiro, entre outros pintores de arte figurativa.

    A Sala da Memória concentra objetos pessoais, fotografias e outras peças.

    O auditório do museu recebe colóquios. Cada Encontro numa tarde de domingo promove a discussão dos temas apresentados pelos palestrantes convidados, constituindo um espaço de intervenção cultural. Estes colóquios são divulgados na agenda de eventos


O pintor

   João Mário Ayres d`Oliveira nasceu em Lisboa em 1932. Alenquer é, desde sempre, local de residência e trabalho. A vocação pelas artes plásticas manifestou-se cedo. Por volta de 1950 o pintor dedicou-se, em exclusivo, à pintura a óleo. Frequentou os cursos de pintura e desenho da Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA), sob a orientação dos mestres Albertino Guimarães e Domingos Rebelo. Findos estes, recebeu lições de pintura do mestre Álvaro Duarte de Almeida. 

   Expõe, pela primeira vez, em 1954, num salão coletivo da SNBA, em Lisboa. A totalidade dos quadros em exibição foi adquirida por um colecionador inglês, o que constituiu um estímulo para que participasse nestas exposições anualmente e até 1974. Em 1958 é premiado pelo júri, tendo-lhe o prémio sido entregue pelo presidente da república. 

   Em 1960 é-lhe concedido o primeiro prémio em pintura a óleo no Salão de Motivos Ribatejanos e seis anos passados é distinguido com a medalha de honra, em ouro.

   Empreendeu, em 1965, uma viagem de estudo pela Europa, pintando telas nos países visitados que vende, também na totalidade, numa exposição em Lisboa.

   Foi eleito membro do Grupo de Artistas Portugueses em 67, ano que corresponde também à sua nomeação como presidente da Câmara Municipal de Alenquer, cargo que ocupou até 74.

   Em 1970 expôs 50 paisagens na SNBA, sendo adquiridas todas elas, acontecendo o mesmo em Alenquer, Leiria e Porto em 1986. 

   Em 87 viajou, novamente, por várias cidades europeias. Expôs individualmente em Madrid em 1990. No ano seguinte apresentou, na Galeria Euroarte, uma exposição a que chamou de Homenagem a Lisboa.

   1992 é o ano da inauguração do Museu João Mário, em Alenquer.

   Foi distinguido em 93 com a medalha de mérito no grau ouro pela Câmara Municipal de Alenquer.

   Em 2001, a SNBA atribui-lha sua medalha de prata e a Associação Centro Histórico de Florença, na Itália, o oscar della cultura.

   

« voltar 
2006 - 2018 © Câmara Municipal de Alenquer - Todos os Direitos Reservados

Projecto Co-Financiado  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associação de Municípios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informação